Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Evangélico vai receber R$ 2,6 milhões do Governo do Estado

(Foto: Venilton Küchler) - Evangélico vai receber R$ 2,6 mi do Governo do Estado
(Foto: Venilton Küchler)

Com atendimento suspenso há 14 dias - e sem previsão de retorno - por falta de recursos, o Hospital Evangélico vai receber R$ 2,6 milhões do Governo do Estado. O anúncio foi feito pelo secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

Outros nove hospitais também receberão recursos estaduais, mas a maior parte do repasse será encaminhada ao Evangélico. O objetivo é que com o valor, a instituição cubra o pagamento de fornecedores e outras despesas de custeio. “Este socorro virá em boa hora. O momento é difícil. Não conseguimos pagar a primeira parcela do 13º dos funcionários, temos dívidas com fornecedores e precisamos deste tipo de ajuda para não fechar o hospital”, comentou o interventor do Evangélico, Carlos Alberto Miguez da Senna Motta.

Referência no atendimento a gestações de alto risco e pacientes com queimaduras, o Hospital Evangélico de Curitiba conta com 434 leitos gerais, sendo 373 disponíveis à rede pública de saúde. Ao todo, são 35 leitos de UTI adulto e mais 25 de UTI neonatal.

Hospitais

O repasse total será de R$ 4,7 milhões em incentivos para auxiliar o custeio das unidades: Hospital de Clínicas, pertencente à Universidade Federal do Paraná, os hospitais do Trabalhador, Erasto Gaertner, Santa Casa de Curitiba, Cajuru, Zilda Arns, Cruz Vermelha, Pequeno Príncipe e São Vicente. “Somente nesta linha de incentivo, já repassamos mais de R$ 15,3 milhões aos hospitais de Curitiba. Até junho do ano que vem, vamos aplicar mais R$ 21,4 milhões nesta iniciativa”, afirma o secretário.

Colaboração Agência de Notícias do Paraná