Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Ex-prefeito de Ipiranga, Roger Selski, é preso suspeito de vários crimes

O ex-prefeito de Ipiranga, Roger Selski, foi preso na manhã desta quinta-feira (30) em uma operação da Polícia Civil. Ele foi preso quando saía do apartamento onde mora em Ponta Grossa.

Além do mandado de prisão contra Selski, os policiais cumpriram quatro mandados de busca e apreensão. O ex-prefeito é suspeito de cometer crimes de extorsão, agiotagem e também de encomendar a morte de um promotor de Justiça de Ipiranga, Leandro Ataides. As investigações apontam que os crimes não foram cometidos enquanto Roger era prefeito.

De acordo com o delegado Guilherme Luiz Dias, a polícia possui um grande acervo de provas, que embasaram o pedido de prisão preventiva, ou seja, por tempo indeterminado. Roger Selski foi levado para a 13ª Subdivisão Policia (SDP) de Ponta Grossa, onde vai ser ouvido pelas autoridades.

Os crimes pecuniários teriam sido aplicados Ipiranga, Ponta Grossa e também no estado do Maranhão. Em um dos casos, uma pessoa que possuía uma dívida com o ex-prefeito de R$ 20 mil estaria recebendo cobranças de R$ 76 mil por conta de juros, o que enquadraria Selski também por agiotagem.

Selski foi candidato nas eleições municipais de 2016, mas não conseguiu ser reeleito.

Com informações :Emmanuel Fornazari / Ponta Grossa

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo