Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Ex-prefeito fica ilegível acusado de abuso de poder econômico

O ex-prefeito de Ipiranga, que exerceu o cargo entre 2013 e 2016, está ilegível até 2024, por atos de abuso de poder econômico. Um publicitário, coordenador da campanha eleitoral, e a ex-secretária municipal de Saúde do município também tiveram a inelegibilidade determinada pelo Juízo da 36ª Zona Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná.

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), o abuso de poder foi registrado em setembro de 2016, quando o então prefeito, candidato à reeleição, e os outros investigados, organizaram um comício em um pesque-pague, com a distribuição gratuita de carnes, refrigerantes e outros alimentos no evento. O comício foi cancelado por decisão liminar a pedido de outros candidatos.

Conforme avaliado pelo Ministério Público Eleitoral, o ex-prefeito, a ex-secretária e o publicitário foram responsáveis pela prática de atos de abuso de poder econômico já que organizaram um evento que claramente visava desequilibrar a igualdade de oportunidades dos candidatos. Os envolvidos ainda podem recorrer da decisão.

Colaboração MP-PR

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo