Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Ex-presidente da Rural, Sgarioni vai assumir CMTU

- Ex-presidente da Rural, Sgarioni vai assumir CMTU

O ex-presidente da Sociedade Rural do Paraná, Moacir Norberto Sgarioni, será o presidente da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) a partir de 1º de janeiro de 2017.

O anúncio foi feito pelo Prefeito eleito de Londrina, Marcelo Belinati, nesta segunda-feira (28).

De acordo com Marcelo, Sgarioni assumirá a CMTU com a missão de reformular a gestão da Companhia com foco na busca da eficiência, diminuição de custos e melhoria nos serviços públicos oferecidos aos cidadãos.

“Queremos que Londrina volte a ser uma cidade bem cuidada, limpa e organizada em todos os aspectos. Coisas que podem até parecer simples, mas que são extremamente importantes como a limpeza das nossas ruas, parques, praças e fundos de vale, a gestão e destinação adequada dos nossos resíduos, enfim, os cuidados básicos da nossa cidade. Quero Londrina cada vez mais linda e a história de vida do Moacir é prova de que, com seriedade, competência e trabalho duro, é possível fazer mais e melhor com menos recursos. O Moacir vai ter o meu apoio e de toda a sociedade para realizar as mudanças necessárias para trazer a eficiência e a transparência que os londrinenses exigem da CMTU”, afirmou.

Currículo 

Moacir Norberto Sgarioni tem 67 anos, é técnico em seleção de bovinos, gestor de agronegócios, contabilista. Foi Diretor de Pecuária na Sociedade Rural de Maringá; atuou como Diretor de Patrimônio, Diretor de Pecuária, Diretor-Secretário e Diretor-Presidente da Sociedade Rural do Paraná (SRP) de 2012 a 2016. Atualmente permanece na Diretoria Executiva como Diretor Administrativo e Financeiro da entidade.

Foi membro do conselho deliberativo do Iate Clube de Londrina e Comodoro da entidade por quatro gestões, de 1990/1994 e de 1998/2002.

Natural de Sertanópolis, em 2014 ele recebeu o título de Cidadão Honorário de Londrina, onde mora desde 1970.

(com assessoria de imprensa)