Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Família acusa guarda municipal de balear e matar jovem

(Foto: Ilustração)  - Família acusa guarda municipal de balear e matar jovem
(Foto: Ilustração)

Uma denúncia da família de um jovem de 18 anos, que morreu baleado no domingo (11), pode mudar o rumo das investigações sobre a morte da vítima. O crime foi registrado no Conjunto Gerônimo Nogueira, na zona norte de Londrina, e o caso chegou ao Ministério Público na segunda-feira (12).

De acordo com a família da vítima, identificada como Matheus Ferreira Evangelista, o jovem teria sido baleado por um guarda municipal durante uma abordagem, ao desrespeitar a ordem de colocar as mãos para o alto. Conforme os guardas, a equipe foi acionada para atender uma ocorrência de perturbação de sossego, e encontrou Evangelista já baleado no local.

Segundo o Secretário de Defesa Social, Evaristo Kuceki, as armas e munições de três guardas envolvidos na ocorrência foram recolhidas, e que nenhuma munição estava deflagrada. Além disso, os próprios guardas transportaram o jovem baleado na viatura até o hospital. Kuceki afirmou que o guarda pode optar por levar a vítima até o atendimento médico por meios próprios, e que foi o caso pois o jovem estaria perdendo muito sangue.

O caso está sendo investigado.