Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Família Brittes é transferida para sistema prisional

(Foto: Reprodução/Facebook) - Família Brittes é transferida para sistema prisional
(Foto: Reprodução/Facebook)

A família Brittes, acusada pela morte do jogador Daniel Corrêa Freitas, foi transferida da Delegacia de São José dos Pinhais na tarde desta quinta-feira (8). Cristiana e Allana Brittes foram levadas para a Penitenciária Feminina de Piraquara, enquanto Edison Brittes foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde irá passar por exame de corpo de delito. Em seguida, o homem será transferido para o Centro de Triagem 1, em Curitiba

Além da família, outros dois suspeitos de envolvimento pelo crime, David Willian Villero Silva, de 18 anos, e Igor King, de 20 anos, que se apresentaram à polícia na manhã desta quinta-feira, foram levados para o Centro de Operações Policiais Especiais (COPE).

Antes de serem levadas para a Penitenciária, Cristiana e Allana passaram pelo IML, onde também passaram por exame de corpo de delito. Além disso, uma nova perícia foi realizada no local onde Daniel foi assassinado e na casa da família Brittes, em São José dos Pinhais.

Colaboração Simone Munhoz/Rede Massa

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo