Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Família de Tatiane Spitzner participa de caminhada em homenagem a advogada

Família de Tatiane Spitzner participa de caminhada em Curitiba

Familiares de Tatiane Spitzner participam neste sábado (11) de um ato em homenagem a jovem que foi morta no dia 22 de julho, em Guarapuava. A atividade faz parte das celebrações pelo Dia do Advogado, profissão de Tatiane.

O evento é organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil no Paraná (OAB-PR), que pretende destacar o combate à violência de gênero. A ação acontece na mesma semana em que a Lei Maria da Penha completa 12 anos.

Centenas de pessoas participam do ato e fazem uma caminhada entre a sede da OAB, no bairro Ahu, até o Museu Oscar Niemeyer. Todos carregam balões brancos e usam uma camiseta com a frase: Violência deixa marca. Não vê-las deixa feminicídio.

Entre os participantes então familiares de Tatiane. “É muito bonito ver as pessoas se solidarizando, dando apoio para a nossa família e também para as mulheres que sofrem todo tipo de violência”, comentou a irmã de Tatiane, Luana Spitzner.

O pai de Tatiane, Jorge Waldemir Spitzner, que será assistente de acusação contra o marido da jovem, também comentou o evento. “Viemos manifestar nossa parte, trazer a tona tudo isso, para que as mulheres se manifestem, se posicionem e todos se conscientizem do que está acontecendo”, disse. “Que todas as pessoas se manifestem, que a violência de gênero seja combatida e todo mundo possa olhar pelo próximo”.

Colaboração Rede Massa