Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Feriado da Proclamação da República registra sete mortes nas rodovias federais no Paraná

(Foto: PRF) - Feriado prolongado registra várias mortes nas rodovias do Paraná
(Foto: PRF)

Sete pessoas morreram em acidentes registrados nas rodovias federais no Paraná durante o feriado prolongado da Proclamação da República. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no período entre sexta-feira (11) e a meia-noite de terça-feira (15), foram 178 acidentes que resultaram em 147 pessoas feridas.

Além disso, 108 condutores foram flagrados dirigindo sob influência de bebida alcoólica. Também foram registradas 8.988 imagens de veículos trafegando acima do limite máximo de velocidade e outras 385 manobras de ultrapassagens proibidas.

Em 61 abordagens, a polícia flagrou crianças sendo transportadas sem os equipamentos de segurança adequados (cadeirinha, assento de elevação e bebê-conforto). Duzentos e nove veículos foram recolhidos, por diferentes irregularidades, aos pátios da PRF.

A polícia também revelou que este foi o segundo feriado consecutivo que não foram registrados nas rodovias paranaenses, colisões frontais e mortes por atropelamento.

Mortes

As sete mortes nas rodovias federais no Paraná foram registradas em trechos de pista simples, à noite ou madrugada e, não chovia em nenhum caso. Os acidentes foram gerados, segundo a PRF, por velocidade incompatível, ultrapassagem indevida e ingestão de álcool.

Reajuste

Este foi o primeiro feriado prolongado desde o reajuste das multas de trânsito em todo o país. Congelados havia 16 anos, os valores das multas foram reajustados em percentuais que variam de 53% a 66%. A multa por dirigir embriagado, por exemplo, passou de R$ 1.915 para R$ 2.934.

Números da operação da PRF no Paraná

  • 7 mortes;
  • 147 feridos;
  • 178 acidentes;
  • 8.988 flagrantes de excesso de velocidade;
  • 385 ultrapassagens proibidas;
  • 108 motoristas embriagados;
  • 61 crianças sem cadeirinha;
  • 209 veículos recolhidos.

Colaboração PRF