Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Fragata é resgatada do mar após ficar com as penas encharcadas

(Foto: Reprodução/LEC) - Fragata é resgatada do mar após ficar com as penas encharcadas
(Foto: Reprodução/LEC)

Uma ave conhecia como fragata foi resgatada pela equipe do Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC), da Universidade Federal do Paraná (UFPR), boiando no mar entre as ilhas de Palmas e Ilha da Figueira, na região de Paranaguá. O animal – que não pousa na água – estava visivelmente exausto e encharcado.

A equipe recebeu o acionamento de um pescador via Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) e conseguiu fazer o resgate. Conhecida como pirata-do-mar devido seus hábitos de caça, que incluem roubar peixes de outras aves, esta espécie não possui camada de gordura protetora para regular sua temperatura. Por este motivo, é comum acontecer o encalhe por conta do encharcamento de plumagem e exaustão em voo.

O animal – que é um macho – foi atendido pela equipe e translocado para o Centro de Reabilitação e Despetrolização de Fauna Marinha, onde está em estabilização intensiva e já se encontra com sua temperatura estável. A equipe multidisciplinar do projeto, formada por médicos veterinários, biólogos, oceanógrafos e tratadores, está trabalhando para que a reabilitação completa do animal seja rápida, viabilizando a sua reintegração ao ambiente natural.

Informações LEC

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo