Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Gaeco cumpre mandados no Hospital Municipal; secretária de Saúde é conduzida coercitivamente

Gaeco cumpre mandados no Hospital Municipal; secretária de Saúde é conduzida coercitivamente Gaeco cumpre mandados no Hospital Municipal; secretária de Saúde é conduzida coercitivamente

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) deflagrou operação na manhã desta quinta-feira (10), em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná.

Três pessoas foram conduzidas coercitivamente à sede do Gaeco, entre elas, a secretária municipal de Saúde, Patrícia Foster. Dois servidores do Fundo Municipal de Saúde também foram levados para prestar depoimento. Os nomes deles ainda não foram divulgados.

Informações preliminares apontam que a operação tem o objetivo de investigar contratos de 2014 firmados pela Prefeitura Municipal na área da Saúde. 

"Me coloquei à disposição porque eles precisam de muitas informações para chegar ao esclarecimentos que buscam. Estamos totalmente à disposição, tanto da parte documental, como para prestar depoimentos", informou a secretária de Saúde em entrevista coletiva. 

Segundo ela, os contratos alvos da operação foram firmados em 2014 com prestadores de serviços. "Eu não estava na secretaria nessa época, nem era diretora. Os dois servidores também não participaram efetivamente dos contratos", explicou Patrícia. 

Policiais do Gaeco permaneceram durante a manhã dentro do Hospital Municipal Padre Germano Lauck (HM) a fim de coletar documentos e informações.

Atualizada às 10h44.


Colaboração: Juliano Jacques e Cris Neres/Rede Massa.