Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Governo do Estado anuncia pacote de obras para PR-323; duplicação só em 2018

Governo divulgou cronograma (Foto: Antonio Roberto/Ilustrado) - Governo anuncia pacote de obras para PR-323; duplicação em 2018
Governo divulgou cronograma (Foto: Antonio Roberto/Ilustrado)

O governo do Paraná anunciou nesta sexta-feira (18) uma série de obras de melhorias e recuperação da PR-323, no trecho entre Maringá e Francisco Alves. São ações de curto, médio e longo prazo que vão somar R$ 319 milhões para ampliar a capacidade de tráfego e dar mais segurança aos usuários da rodovia.

O pacote de investimentos determinado pelo governador Beto Richa está dividido em ações que começam ainda em novembro. Para isso, o Estado está disponibilizando R$ 36 milhões, que permitirão o início imediato de obras de recuperação, conservação e construção de terceiras faixas. 

“Sabemos que a região não pode mais esperar, por isso estamos apresentando este plano, reforçando que a ordem do governador é encontrar soluções para os problemas da rodovia”, afirmou o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, durante audiências realizadas na sede da Associação dos Municípios de Entre Rios (Amerios), em Umuarama, e na Prefeitura de Cianorte. 

Rossoni explicou que o Estado precisou aguardar prazos legais para tomar iniciativa em relação à rodovia, uma vez que existia um contrato de Parceria Público-Privada (PPP) em vigor. “Com a rescisão deste contrato, o Estado pode iniciar os projetos de melhoria da PR-323”, disse. Ele reforçou que o governo pretende lançar um novo edital de concessão da rodovia no médio prazo. 

Cronograma

O secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, explicou que inicialmente o Estado vai usar recursos de contratos de manutenção de rodovia já assinados pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR), que serão centralizados na PR-323, buscando a melhoria do pavimento. “Esta etapa vai até março. Em paralelo, faremos uma licitação para a restauração completa do trecho”, afirmou Richa Filho. 

O diretor do DER, Nelson Leal, explicou que as obras de restauro completo incluem ações de drenagens, recuperação de base e sub-base de pavimento e construção de terceiras faixas em pontos críticos já identificados por engenheiros do órgão.  “A meta é a duplicação total e o investimento do Estado vai se refletir na redução de tarifas do pedágio numa futura concessão”, completou o secretário Richa Filho. 

Ao longo de 2017, serão concluídos os estudos técnicos para duplicação de alguns trechos e a licitação de obras, que serão iniciadas em 2018. Também estão previstas as construções de cinco intersecções em desnível, que poderão ser trincheiras ou viadutos, conforme apontar o estudo técnico. 

Acidente

acidente com 21 vítimas na PR-323, em Cafezal do Sul, pressionou o governo do Estado pela tomada de providências, especialmente após protestos no noroeste do Paraná, encabeçados pela Igreja Católica.

Colaboração Agência Estadual de Notícias