Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Gripe: 2.ª fase da campanha de vacinação começa na próxima semana

(Foto: Pedro Ribas/SMCS) - Gripe: 2.ª fase da campanha de vacinação começa na próxima semana
(Foto: Pedro Ribas/SMCS)

Começa na próxima semana a 2.ª fase da Campanha Nacional da Vacina contra a Gripe. A partir de segunda-feira (22), o grupo prioritário se tornará mais amplo.

Serão vacinadas pessoas maiores de 60 anos, gestantes, mães de bebês nascidos até 45 dias, crianças entre 6 meses e 6 anos incompletos, profissionais da saúde, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou outras condições clínicas especiais e professores da rede pública e privada.

Em Curitiba, a vacinação é realizada em 110 Unidades de Saúde, de segunda à sexta-feira, no horário de atendimento de cada unidade.

A campanha vai até 31 de maio. A meta na capital paranaense é vacinar pelo menos 90% das 535 mil pessoas que integram o público-alvo, o que corresponde pouco mais de 480 mil pessoas.

‘Dia D’

No dia 4 de maio aconteceu o ‘Dia D’ da Campanha de Vacinação contra a Gripe. Nesta data, um sábado, alguns postos de saúde abrirão para ampliar o acesso aos usuários dos públicos prioritários.

Desde o dia 10 de abril, a campanha já aplicou cerca de 20 mil doses, sendo aproximadamente 12 mil em crianças. Nesses primeiros dias, o público prioritário foi o de gestantes, crianças de 6 meses a 6 anos incompletos e mães de bebês nascidos até 45 dias.

A vacina

A vacina contra a gripe aplicada nas unidades de saúde é do tipo trivalente: contém duas cepas do tipo A do Influenza e uma cepa do tipo B e protege contra os vírus H1N1, o H3N2 (ambas do Tipo A) e o influenza do tipo B Victoria.

Ocorreram duas mudanças em relação à vacina trivalente indicada do ano passado, com cepas diferentes para o H3N2 e para o a cepa do tipo B. Por isso, é essencial que as pessoas dos grupos prioritários que se imunizaram em 2018 passado façam nova vacina este ano.

O agente imunizante da vacina contra o Influenza leva em torno de dez dias para ter efeito. Nesse período, há uma janela para outras ocorrências, como um outro vírus, já incubado no indivíduo, se manifestar, causando sintomas de gripe.

Prevenção

A vacina é uma das formas de prevenção do vírus Influenza. Higienizar as mãos frequentemente com álcool gel ou lavar com água e sabão, evitar aglomerações e locais fechados são outros cuidados que ajudam contra a proliferação do vírus.

A adoção da “etiqueta respiratória”, que consiste em espirrar na parte de dentro dos cotovelos e cobrir a boca ao tossir, também contribui para a redução do risco de proliferação do vírus.

Evite compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas. Em casos de sintomas, é importante alertar para sinais e sintomas de gravidade para a busca imediata de avaliação em uma unidade de saúde.

Colaboração Prefeitura

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo