Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

HIV é tema de palestra no Centro de Convivência do Idoso da Região Leste

Pessoas com mais de 60 anos poderão participar de uma palestra sobre HIV-Aids, com o enfermeiro da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), André Luis dos Santos Silva. O encontro será nesta segunda-feira (13), às 14h, no Centro de Convivência do Idoso da Região Leste, na Rua Gabriel Matokanovic, no Jardim da Luz.

Durante o encontro, o palestrante abordará questões sobre sexualidade da pessoa idosa e a importância do uso do preservativo feminino ou masculino na prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). André Sila é enfermeiro, mestre em Enfermagem pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e atualmente faz doutorado em Ciências da Reabilitação.

O gerente dos Centros de Convivência dos Idosos, Cleir Brandão, lembrou que é importante conversar com os frequentadores dos CCIs, visto que a população está envelhecendo e que questões relacionadas à sexualidade dos idosos ainda são consideradas um tabu na sociedade. “Nos últimos anos, tem aumentado muito o número de idosos e, com isso, a quantidade de pessoas com mais de 60 anos com doenças sexualmente transmissíveis. Nossa intenção é abordar o tema da sexualidade como medida de prevenção, para que eles vejam a importância da prevenção e saibam mais sobre as DSTs”, explicou.

Para participar não é preciso se inscrever. A atividade faz parte das ações do grupo de convivência do CCI Leste, mas é aberta à comunidade e quem desejar pode participar gratuitamente. Quem tiver dúvida pode telefonar para (43) 3375-0307. Para chegar no centro de convivência, os usuários do transporte coletivo podem pegar a linha de ônibus 112 – Alexandre Urbanas.

A palestra faz parte de uma parceria estabelecida pela Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal do Idoso, com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Por meio dela desenvolvem-se oficinas de informática, atividades de fisioterapia e palestras educativas sobre saúde, sendo todas para o público acima de 60 anos.

Colaboração Assessoria de Imprensa.