Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Homem é condenado a 94 anos de prisão por estupro

Um homem de 42 anos, foi condenado a 94 anos de prisão pela Justiça de Assaí. Ele é acusado pelos crimes de estupro de vulneráveis e estupro qualificado. De acordo com o delegado Felipe Akio de Souza Hirata esta é uma das maiores penas já aplicadas na cidade.

O trabalho de investigação da Polícia Civil começou em junho do ano passado depois que um pai, ao vascular o celular do filho de 12 anos, encontrou uma foto do menino nu. Inicialmente o garoto se recusou a dar informações sobre a foto, mas contou que o registro foi feito por um homem mais velho.

No decorrer das investigações a polícia apurou que o acusado atraía menores de idade para a chácara onde residia e, em troca, oferecida algumas coisas como, acesso à internet sem fio, comidas ou deixava as vítimas brincar com o cavalo. Os policiais identificaram pelo menos dez crianças que frequentavam o local.

Exames periciais médicos confirmaram a prática de sexo com vários meninos. O delegado formulou pedido para tomada de depoimento sem danos, que é feito pela psicóloga do Fórum.

O acusado foi condenado por cinco estupro de vulneráveis (prática de sexo com menores de 14 anos) e dois estupros qualificados (quando o menor tem entre 14 e 18 anos), além de corrupção de menores, fornecimento de entorpecentes para menores e pornografia infantil, devido à foto que deu origem à investigação.

O homem permanece preso na Cadeia Pública de Assaí.

Colaboração: Portal Tudo

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo