Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Homem é preso em flagrante suspeito de cobrar pedágio de garotas de programa

(Foto: Polícia Civil) - Homem é preso suspeito de cobrar pedágio de garotas de programa
(Foto: Polícia Civil)

Um homem foi preso em flagrante suspeito de ameaçar e extorquir mulheres e transexuais para se prostituir nas ruas do bairro Boqueirão. Ele teria assumido o posto de “gerente do sexo” do local, já que nos últimos dois anos outros cinco suspeitos foram presos pelo mesmo motivo.

Segundo o delegado da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), Emmanoel David, o homem passou a cobrar das garotas de programa depois que um casal foi preso pelo mesmo crime em maio deste ano.

“Nós já vínhamos acumulando denúncias que chegaram logo após a prisão do casal, até que nesta quinta-feira, os policiais visualizaram o suspeito recebendo R$ 50 reais de uma garota de programa”, contou David.  

A prisão aconteceu na tarde de quinta-feira (19), na rua Bartolomeu Lourenço de Gusmão. Logo após a abordagem uma vítima afirmou que teria entregue o dinheiro a ele. Na delegacia, o homem admitiu que fazia as cobranças, porém negou que fazia ameaças e estaria cobrando pela segurança das pessoas. Algumas das vítimas, no entanto, relataram que se sentiram coagidas para realizar os pagamentos semanais para poderem circular nas ruas.

Segundo investigações, as garotas de programa eram obrigadas a pagar um valor entre R$ 50 e R$ 200, por semana, sob pena de serem expulsas da rua.

Colaboração Polícia Civil / Patricia Zeni

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo