Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Homem é preso suspeito de estuprar filha adolescente

(Foto: Ilustração/ Pixabay) - Homem é preso suspeito de estuprar filha adolescente
(Foto: Ilustração/ Pixabay)

Um homem de 31 anos foi preso na segunda-feira (2) suspeito de estuprar a própria filha, uma adolescente de 13 anos, em São Mateus do Sul. Ele foi detido em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. De acordo com a Polícia Civil, o celular do homem também foi apreendido na ação, e nele foram encontrados vídeos com conteúdos pornográficos envolvendo crianças e adolescentes.

A prisão foi decretada após uma denúncia de que a adolescente estaria apresentando um comportamento estranho na escola onde estuda, na manhã de segunda-feira (2). Ao ser chamada pela diretoria para conversar, contou que o pai havia abusado sexualmente dela no sábado (31), e que os atos aconteciam há cerca de três anos.

Conforme o delegado-titular, Jonas Eduardo Peixoto do Amaral, a polícia agiu de forma rápida. “Assim que a informação chegou para nós, solicitamos que a vítima fosse encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para realização de exames periciais, além de representar imediatamente pela prisão preventiva do homem, que em seguida foi deferida pela Justiça e devidamente cumprida por nossa equipe”, contou.

O homem foi encaminhado para a delegacia, onde negou o crime, e argumentou que a adolescente estaria fazendo o relato em razão de um desentendimento familiar, já que ele havia proibido que a jovem usasse celular. Em relação aos vídeos encontrados em seu aparelho, alegou que somente os recebia e armazenava.

O suspeito preso, indiciado por estupro de vulnerável, e autuado em flagrante por possuir imagens de conteúdo pornográfico envolvendo crianças e adolescentes.

Colaboração Polícia Civil

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo