Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Homem que fugiu da polícia é preso ao pedir para tomar banho em boate

(Foto: Divulgação / PRF) - Homem que fugiu da polícia é preso ao pedir para tomar banho em boate
(Foto: Divulgação / PRF)

Um homem que estava transportando drogas em uma Saveiro que capotou na BR-277, em Irati, foi detido pela Polícia Militar algumas horas depois de fugir de uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal.

O suspeito, que havia abandonado o carro após o acidente, foi até uma boate às margens da rodovia e pediu para usar o banheiro para tomar banho. Ele estava sujo de barro e, desconfiadas da atitude do suspeito, funcionárias entraram em contato com a polícia. Uma equipe da Rotam foi até o local e abordou o homem. Com ele, não foi encontrado nenhum objeto ilícito. Porém, o suspeito confessou que foi contratado por uma pessoa para realizar o transporte de drogas até o estado de São Paulo.

O suspeito pegou a Saveiro com a droga em uma cidade perto de Foz do Iguaçu e seguia na BR-277, quando se deparou com um bloqueio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no posto de fiscalização em Irati. O suspeito não acatou a ordem de parada e fugiu. Pouco depois, o motorista perdeu o controle da direção e colidiu num barranco. Com o impacto, o veículo caiu numa vala às margens da rodovia. Após o acidente, o suspeito fugiu a pé e se escondeu numa mata. Após anoitecer, o suspeito saiu do matagal e foi até a boate. Lá, ele pretendia tomar banho e pegar um táxi para retornar ao estado de São Paulo.

A PRF contou com o apoio de duas viaturas da Polícia Militar e uma guarnição do Canil da Guarda Municipal para encontrar a droga que estava sendo transportada na Saveiro, que apresentava alerta de furto/roubo. No total, foram apreendidos 78,9 kg de maconha.

Em função das declarações do suspeito e do conhecimento da ocorrência atendida pela PRF, a PM de Irati prendeu o homem encontrado na boate. Ele foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil de Irati. O suspeito que reside em Itu, interior de São Paulo, foi identificado como Axel de Oliveira Melo.