Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Homossexual está internado no Evangélico após ser atacado com ácido

(Foto: Reprodução) - Homossexual está internado após ser atacado com ácido
(Foto: Reprodução)

Um homossexual está internado no Hospital Evangélico de Curitiba desde a noite do último domingo (14). A vítima contou que foi atacada por um homem, que jogou ácido contra ela. Um casal encontrou o homem caído na rua Alberto Bolliger, no bairro Juvevê, e acionou o Samu.

O relato é de Marcos Vinícius Ferreira dos Santos, que é amigo do homem atacado, à reportagem do Massa News. A vítima pediu para que ele fosse avisado do caso e tem acompanhado o atendimento médico ao amigo desde então.

Santos informou que foi até a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que tem um núcleo de investigação de crimes de ódio, para fazer um boletim de ocorrência sobre a situação.

Ele afirmou que o paciente tem queimaduras no tórax, no braço e em parte do rosto. A vítima foi atacada logo após ser chamada de “veado”, segundo o amigo. “Ele não conhece a pessoa que fez isso. É um jovem, de boa aparência”, conta.

Santos afirmou que a família da vítima, que não mora em Curitiba, foi informada sobre o ataque. “Os familiares estão muito indignados com o que aconteceu”, enfatiza. Ele ainda ressaltou que fará denúncias em movimentos sociais ligados aos homossexuais e também a órgãos públicos.

O Hospital Evangélico, por meio de assessoria de imprensa, confirmou que a vítima está internada no local e que tem o quadro de saúde estável. Não foi necessário o internamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), conforme o hospital.

A Polícia Civil confirmou, por meio de assessoria de imprensa, o registro do boletim de ocorrência e ainda informou que as investigações sobre o caso já estão em andamento:

"A Polícia Civil informa que um Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado na tarde de segunda-feira (15), no Setor de Vulneráveis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Curitiba, para apurar um crime de ódio.

Um inquérito policial já foi instaurado na especializada. Testemunhas já estão sendo ouvidas e as investigações estão avançadas.

De acordo com o BO, a vítima (um homem de 40 anos),  caminhava pela rua no bairro Alto da XV,  por volta das 20h30 da noite, no último domingo (14), no momento em que foi abordada por um suspeito que se aproximou, proferiu a vítima um xingamento homofóbico e jogou um líquido (ainda não identificado) em seu rosto, provocando queimaduras.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Evangélico e pode ficar com sequelas. O BO foi registrado na delegacia por um amigo da vítima.

Outros detalhes não serão repassados para não atrapalhar as diligências policiais."

Colaboração Ana Krüger e Jairo Nascimento/Rede Massa

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo