Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Hospital do Trabalhador faz mutirão de cirurgias labiopalatais

(Foto: AEN)  - Hospital do Trabalhador faz mutirão de cirurgias labiopalatais
(Foto: AEN)

O Hospital do Trabalhador, em Curitiba, participa nesta quarta-feira (24) de um mutirão de cirurgias labiopalatais. Estão previstas 20 cirurgias plásticas reparadoras que serão realizadas no Centro de Atenção Integral ao Fissurado Labiopalatal (CAIF), que funciona no hospital. As duas instituições integram a rede de unidades próprias da Secretaria de Estado da Saúde.

O mutirão faz parte da agenda da 35ª Jornada Sul-Brasileira de Cirurgia Plástica, promovida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, entre 25 e 27 de abril, na Capital.

Durante o evento, outros hospitais de Curitiba, Ponta Grossa e Londrina farão mutirões de cirurgias plásticas dentro de suas especialidades. Ao todo, 100 pacientes serão beneficiados com cirurgias plásticas, reparadoras e construtivas.

CAIF  

As cirurgias no Hospital do Trabalhador começam às 8 horas e atenderão crianças e adolescentes em tratamento no Centro de Atenção Integral ao Fissurado Labiopalatal, com idade entre 4 meses e 15 anos. “Este trabalho oportuniza a redução da fila de espera por procedimentos cirúrgicos reparadores, em especial para portadores de deformidades congênitas da face”, explica o diretor-geral do HT, Geci Labres de Souza Junior.

O mutirão vai envolver médicos especialistas e equipe de enfermagem do Hospital do Trabalhador que vão operar em três salas cirúrgicas durante todo o dia.

O CAIF é referência nacional em reabilitação e tratamento de anomalias craniofaciais, entre as quais as fissuras labiopalatais. No Brasil, segundo pesquisa da Universidade de São Paulo (USP), a cada 650 nascimentos um bebê apresenta o problema.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo