Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Idoso mata bandido que invadiu sua casa e se apresenta à polícia

Um idoso de 66 anos esteve na Delegacia de Paiçandu e assumiu ter matado um homem que tentou assaltar sua residência no município de Doutor Camargo. Ele se apresentou na quarta-feira (26) e o caso está sendo tratado como legítima defesa.

O aposentado relatou que estava em casa, na madrugada da última terça-feira (25), quando ouviu um barulho e decidiu ver o que estava acontecendo. Ao sair do imóvel, viu Dorival Arão, de 40 anos, tentando invadir o local.

O idoso contou que deu um tiro para o alto, com o intuito de afastar o suspeito que, por sua vez, tentou agredir a vítima. Para se defender, o aposentado atirou mais uma vez e acertou o tórax de Arão, que morreu na hora.

“A princípio o caso está sendo tratado como legítima defesa. Será realizado o procedimento de praxe, que será encaminhado à Justiça, e ele [aposentado] irá responder em liberdade”, afirmou o delegado responsável pelo caso, Mateus Ganzer. O suspeito possuía diversas passagens pela polícia. “Ele tinha um grande histórico de violência contra idosos, era um problema”, disse.

De acordo com o delegado, o único agravante é o fato de a arma utilizada pelo idoso, um revólver calibre 38, não ter registro. “Ele vai responder a um procedimento criminal por este fato, pela arma não ser legalizada”, informou.

O caso está na Delegacia de Paiçandu, responsável pelo município de Doutor Camargo, cidade que fica a cerca de 30 quilômetros de Maringá.

Colaboração Índio Maringá/Rede Massa e Louise Fiala

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo