Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Integrantes do MST são alvos de operação da Polícia Civil no sudoeste do Paraná

Integrantes do MST são alvos de operação da Polícia Civil no sudoeste

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta sexta-feira (4), a Operação Castra na região sudoeste do Paraná com o objetivo de desarticular uma organização criminosa suspeita de furto e dano qualificado, roubo, invasão de propriedade, incêndio criminoso, cárcere privado, lesão corporal, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e irrestrito e constrangimento ilegal. Os alvos são integrantes do Movimento Sem Terra (MST), sendo que um deles foi eleito vereador nas eleições municipais deste ano. A polícia também procura um dirigente nacional do movimento.

De acordo com a Polícia Civil, são 14 mandados de prisão preventiva. A operação acontece em Quedas do Iguaçu, Francisco Beltrão e Laranjeiras do Sul, além de São Paulo e no Mato Grosso do Sul. Equipes policiais também cumprem 10 mandados de busca e apreensão e ainda dois de condução coercitiva (quando a pessoa é levada para prestar depoimento). 

A operação é decorrente de uma investigação que teve início em março deste ano por policiais da Delegacia de Cascavel após a invasão da Fazenda Dona Hilda, em Quedas do Iguaçu, quando empregados da propriedade foram mantidos em cárcere privado por horas e sob a mira de armas de fogo. O proprietário relatou na época que, em função da invasão, cerca de 1,3 mil cabeças de gado foram roubadas, gerando prejuízo estimado em R$ 5 milhões  de danos à propriedade. 

A Polícia Civil informou ainda que o gafo era transportado com documentação irregular e a investigação apontou que uma parte destes animais foi vendida pelos integrantes do MST. Os alvos desta ação policial também cobravam uma taxa em dinheiro (de até R$ 35 mil) ou sacas de grão para autorizar que os donos fizessem a colheita da própria plantação.

Outros detalhes sobre a operação serão repassados ainda nesta sexta-feira pela Polícia Civil.

Colaboração: Polícia Civil.