Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Justiça condena ex-prefeito de Cambira por abuso sexual de menores

(Foto: Reprodução) - Justiça condena ex-prefeito de Cambira por abuso sexual de menores
(Foto: Reprodução)

O ex-prefeito de Cambira, Sidney Bellini, de 66 anos, foi condenado a 13 anos de prisão por abuso sexual de menores. Ele foi preso em dezembro de 2017 e aguardava sentença. 

A decisão foi proferida pela juíza Angela Karina Chirnev Pedotti Audi, da Vara Criminal do Foro Regional de Mandaguari neste mês. Ele deve cumprir os primeiros nove meses da pena em regime fechado. Os 12 advogados habilitados de Bellini recorreram da sentença. 

O caso

Sidney Bellini é acusado de ter abusado sexualmente de uma menina de 13 anos, em um motel na cidade de Mandaguari, no dia 14 de dezembro de 2017. O ex-prefeito teria pago R$ 50 pela garota. Um dia após cometer o crime, Bellini foi preso pela Polícia Milita (PM) de Cambira.

O político ainda responde a outros processos similares na Justiça, por causa de outras denúncias registradas após a prisão dele, em 2017.

Preso há mais de 330 dias no mini presídio de Apucarana, Bellini deverá cumprir pelo menos nove meses em regime fechado para progressão de regime de progressão de pena. O político divide cela com mais 25 encarcerados por esse tipo de crime.

Colaboração Bruno Previdi e Blog do Roque

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo