Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Justiça determina bloqueio de bens do ex-prefeito

(Foto: Reprodução/Google Street View) - Justiça determina bloqueio de bens do ex-prefeito
(Foto: Reprodução/Google Street View)

O Juízo da Vara da Fazenda Pública de Morretes determinou, nesta sexta-feira (9), o bloqueio de bens do ex-prefeito do município, na gestão 2013-2016, réu em ação civil público por ato de improbidade administrativa ajuizada pela Promotoria de Justiça da comarca. A ação se refere à contratação irregular de uma empresa – também ré no processo – para terceirização ode serviços de saúde na cidade.

A ação aponta que houveram irregularidades no procedimento licitatório, direcionado para a contratação da empresa vencedora. Além disso, o próprio serviço foi irregular, já que quase todos os atendimentos foram terceirizados e os profissionais receberam valores excessivos. O Tribunal de Contas, inclusive, emitiu parecer indicando que a contratação afronta a legislação e fere a regra constitucional do concurso público.

Na análise do mérito da ação, o Ministério Público pede a condenação dos réus às sanções previstas na Lei de Improbidade, como perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, ressarcimento dos danos ao erário e pagamento de multa.

Informações MPPR

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo