Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Justiça revoga prisão de mulher que matou amiga com mata-leão

(Foto: Reprodução) - Justiça revoga prisão de mulher que matou amiga com mata-leão
(Foto: Reprodução)

A Justiça revogou a prisão preventiva de Daiana Pereira Barroso, de 33 anos, presa em flagrante após matar Alexandra Maria da Silva com um mata-leão. A acusada foi indiciada pela suposta prática do delito de homicídio culposo contra a vítima no último dia 25 de dezembro e deixou a prisão na tarde desta sexta-feira (11).

A decisão assinada pelo juiz Daniel Surdi de Avelar determinou que Daiane compareça mensalmente à Justiça, alegando inconsistência nas declarações da testemunha, quando esta testemunha não presenciou os fatos.

O caso

O caso foi registrado na casa onde Daiana mora com os filhos, no bairro Jardim das Américas, em Curitiba. Na ocasião Daiana alegou que não tinha a intenção de matar, mas precisou agir para defender o filho de 3 anos.

“Ela (a vítima) estava possuída. Ela agarrou meu filho, disse que a entidade estava pedindo para ela matar meu filho e me matar, então eu tive que agir e segurar ela”, revelou. “Então eu segurei ela com um mata-leão, e ela morreu”, disse.

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo