Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Lavador de carros acusa vereador de usar seu nome para justificar doação eleitoral em Maringá

Lavador de carros acusa vereador de usar seu nome para justificar doação eleitoral em Maringá Lavador de carros acusa vereador de usar seu nome para justificar doação eleitoral em Maringá

Um lavador de carros procurou a Polícia Civil para fazer uma denúncia contra o vereador de Maringá Jones Dark (PP), conhecido como Negrão Sorriso. Adriano Rosa dos Santos alega que teve o nome usado ilegalmente para justificar uma doação de campanha no valor de R$ 4 mil.

Em 2014, Santos trabalhou por dois meses na campanha de Jones Dark para deputado estadual, com salário mensal de R$ 1 mil. Segundo ele, o parlamentar teria usado os dados constantes no contrato de trabalho para preencher as informações na Justiça Eleitoral.

Segundo o denunciante, ele não fez qualquer doação ao então candidato a deputado. Por causa da doação e do contrato, ele teria perdido um benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e resolveu denunciar o caso.

Procurado pela reportagem da Rede Massa/TV Tibagi, Jones Dark negou o fato. Ele declarou que há uma “perseguição grande” contra sua pessoa e que todas as doações foram apresentadas corretamente às autoridades.