Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Mais de 31 mil alunos voltam às aulas em Ponta Grossa

Mais de 31 mil alunos voltam às aulas em Ponta Grossa

Nem mesmo a chuva atrapalhou o retorno das mais de 31 mil crianças atendidas pela rede municipal de ensino.  O início do calendário letivo contou com salas cheias e estudantes empolgados.

Segunda a pedagoga da Escola Municipal Doutor Plauto Miró Guimarães, Maria Ines, o retorno dos 400 alunos da instituição tem sido tranquilo. “Está tudo calmo.  Alguns alunos ficam mais inquietos, mas, depois de alguns dias, eles acostumam. No fim, quem ficam mais ansiosos, são os pais”, comenta.

Bruna Furquim de Oliveira, diretora da escola, conta que os preparativos já vinham sido feitos há alguns dias. “Desde o dia seis de fevereiro estávamos em reunião e atividades pedagógicas. Tudo para garantir o bom funcionamento da instituição e um ótimo ano aos nossos alunos”, aponta.

A rede municipal de ensino conta, atualmente, com 140 instituições, entre escolas de ensino fundamental e Centro Municipal de Educação infantil (Cmeis). A previsão é de que o calendário siga até 20 de dezembro.

Entrega do kit escolar e uniformes

Com início das aulas, cerca de 20 mil estudantes do município já recebem o kit escolar. A distribuição ocorre nas escolas de ensino fundamental e tem por objetivo suprir as necessidades básicas de material dos alunos.  “Receber o kit escolar sempre ajuda. É um gasto e uma preocupação a menos em casa”, afirma Aline de Oliveira, mãe de uma das alunas do quinto ano na Escola Municipal Frei Elias Zulian, em oficinas.

No entanto, novos uniformes só serão entregues às crianças que ingressam este ano na rede municipal de ensino.  De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (SME), os uniformes são entregues aos alunos de todos os ciclos somente em anos de final par. Em contrapartida, nos anos de final ímpar, apenas alunos novos recebem o benefício. 

Merenda Escolar

Na semana passada, a Secretária Municipal de Educação (SME), Esméria Saveli, esteve em Brasília em um encontro promovido pelo Governo Federal para anunciar o aumento no repasse de recursos para a merenda escolar.  Através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Cerca de R$ 465 milhões serão destinadas a escolas de todo o país.

Nas escolas de ensino fundamental, o aumento da verba repassada pelo Governo Federal chega a 20%, enquanto nas escolas de ensino integral, e infantil, o reajuste será de 7%. Para a secretária, “é muito importante esse aumento pois alivia os gastos na nossa rede de ensino. Além disso, mais verba nos dá mais possibilidades para melhorarmos a alimentação oferecida a todos os nossos alunos”. 

As escolas da rede municipal de ensino possuem cardápio balanceado elaborado por nutricionistas. Para cada refeição, o município arca com dois terços das despesas, enquanto o restante é coberto Governo Federal.  Além disso, todas as crianças têm acesso alimentos orgânicos e, quando há alergia a qualquer tipo de produtos, um cardápio individualizado para atender às necessidades do aluno.

Colaboração Assessoria de Imprensa.