Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Matadouro é notificado por crime ambiental em Carlópolis

Matadouro é notificado por crime ambiental em Carlópolis

A Polícia Ambiental (PA) notificou o proprietário de um matadouro de Carlópolis por cinco crimes ambientais identificados durante uma inspeção de rotina na empresa. A fiscalização aconteceu após denúncia sobre supostas irregularidades no processamento de resíduo animal.

Conforme o documento apresentado ao Ministério Público Estadual (MP-PR) pela PA, o serviço de matadouro de bovinos no bairro Jaboticabal é potencialmente poluidor e não possui licença ambiental. Foram identificadas graves irregularidades no processamento de couro animal, lançamento de efluentes sem tratamento no meio ambiente, queima de resíduos de embalagem (plástico e papelão) a céu aberto e deposição inadequada de lixo (plásticos, vidros, garrafas, latas e excipientes) à margem de ribeirão.

Ainda de acordo com o relatório da Polícia Ambiental há indícios de abate de suínos no matadouro, que também não possui licença ambiental para a execução o serviço.

A inspeção no matadouro foi acompanhada por um veterinário do Departamento Municipal de Vigilância Sanitária, que também identificou diversas irregularidades no local. O órgão, no entanto, não interditou a empresa.

De acordo com o comandante do 4ª Pelotão de Polícia Ambiental de Jacarezinho, subtenente Cláudio Henrique Cavazzani, foi registrado um boletim de ocorrência e instaurado inquérito policial para investigar o caso. As autuações cabíveis são de competência do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que já foi comunicado do problema.

Colaboração tanosite.com

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo