Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Motorista suspeito de atropelar passageiro é ouvido no 12º DP

(Foto: Ricardo Pereira/Rede Massa) - Motorista suspeito de atropelar passageiro é ouvido no 12º DP
(Foto: Ricardo Pereira/Rede Massa)

O motorista da 99pop suspeito de atropelar propositalmente um cliente na noite do último domingo (9), no bairro São Braz, será ouvido nesta quarta-feira (12), no 12º Distrito Policial (DP), em Curitiba. A vítima foi internada em coma no Hospital Evangélico, e precisou passar por uma cirurgia de emergência nesta madrugada.

O advogado da vítima, Luiz Roberto Zagonel, explicou que o rapaz precisou ser operado de emergência por conta de uma pressão intracraniana. “Esperamos que ao término deste inquérito, seja uma tentativa de homicídio, e não um homicídio”, disse Zagonel, em relação ao estado grave em que Jean Ricardo Martins Cavalli, de 29 anos, se encontra.

A situação aconteceu quando Jean, junto com a esposa, voltava de uma festa realizada na sede social do Paraná Clube, no bairro Portão. No local, ambos ingeriram bebida alcoólica e, por este motivo, solicitaram um carro da 99pop para ir até a casa em que moram, no bairro São Braz. Durante o trajeto, porém, Jean passou mal e vomitou dentro do veículo, o que causou uma grande discussão com o motorista, que exigiu o pagamento de R$ 200 pelo transtorno. Os dois discutiram até chegar ao destino final, onde Jean e a esposa – que afirmou ter pago a quantia cobrada – desceram. Neste momento, o rapaz teria chutado a lataria do veículo.

Imagens de câmera de segurança, divulgadas na última segunda-feira (10), mostraram o momento em que o casal deixou o carro. Em seguida, o motorista faz a volta na rua e acelera em direção a Jean, que é violentamente arremessado na rua.

O motorista da 99pop, que já foi bloqueado da plataforma, chegou ao 12º DP acompanhado pelo advogado, e será ouvido pela delegada responsável pelo caso, Patricia Nobre Paz.

Colaboração Ricardo Pereira/Rede Massa

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo