Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

MPPR aciona responsáveis por acidente com caminhão-tanque que deixou seis mortos

(Foto: Reprodução)  - MPPR aciona responsáveis por acidente com caminhão-tanque
(Foto: Reprodução)

O Ministério Público do Paraná (MPPR) através da ação civil pública ajuizada pela Promotoria de Justiça de Morretes, solicitou que os responsáveis pelo acidente envolvendo um caminhão-tanque, que despejou cerca de 44 mil litros de etanol na BR-277, reparem os danos causados.

O acidente foi registrado em julho de 2016 e causou a morte de seis pessoas, além da contaminação da água e do solo e a queimada de área de preservação permanente (mata ciliar) e danos à floresta atlântica. De acordo com o MPPR, o caminhão estava indo em direção ao Porto de Paranaguá em alta velocidade e com problemas nos freios.

O Ministério Público requer na ação que a empresa responsável pelo transporte, seu diretor e a concessionária indenizem os danos ambientais e sociais (incluindo danos morais coletivos), em valores a serem determinados na liquidação da sentença. Além disso, que façam a descontaminação do solo, a recuperação da mata ciliar e o monitoramento ambiental da área, entre outras obrigações.

Colaboração MPPR