Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Mustang, réplica do filme ‘60 segundos’, é danificado em acidente

(Foto: Colaboração) - Mustang, réplica do filme ‘60 segundos’, é danificado em acidente
(Foto: Colaboração)

Os amantes de carros antigos irão reconhecer o veículo da foto: um Ford Mustang 1967, clássico que marcou o filme 60 segundos. O que seria apenas um teste após manutenção do Mustang acabou em dor de cabeça para os proprietários de uma oficina de Curitiba, responsável pela revisão do carro avaliado em aproximadamente R$ 2 milhões.

O mecânico realizava o teste do veículo na Rua Delphim Moreira, uma transversal da Avenida Sete de Setembro, na tarde desta quinta-feira (27), quando foi fechado em um cruzamento. Ao desviar do carro e tentar evitar o acidente, ele bateu contra um caminhão que estava estacionado. Ninguém ficou ferido.

Procurada pelo portal Massa News, a empresa responsável pela manutenção do Mustang afirmou que incidentes acontecem e que providências já estão sendo tomadas. “Já entramos em contato com o proprietário, que levou o veículo para a concessionária. Se preciso, iremos acionar o seguro”, afirmou o porta-voz da oficina.

Atualização

O representante da empresa responsável pela manutenção do veículo, entrou em contato com a reportagem do Massa News e destacou que, o acidente, na verdade, envolveu o Mustang e outro veículo de passeio. "Não foi contra um caminhão que ele bateu e sim contra um veículo que estava estacionado", disse. Ele explicou ainda, que "o acidente ocorreu no cruzamento da Rua Rodrigues Alves, com a Avenida Sete de Setembro". "O mecânico seguia pela Rodrigues Alves e foi fechado por um condutor no cruzamento da Sete de Setembro, vindo a bater em um carro que estava estacionado", explicou. "O que aconteceu, é que para que o guincho pudesse recolher o carro, e por conta do risco de outros acidentes o Mustang foi retirado até a rua Delphim Moreira", acrescentou.

Ele também enfatizou, que todas as medidas necessárias referentes ao caso foram tomadas. A empresa busca ainda as imagens de câmeras de segurança da região para não restarem dúvidas sobre como tudo ocorreu.

Colaboração Daniela Borsuk