Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Namorada de rapaz que morreu em 'roleta-russa' teria sido executada por causa de boato

(Foto: Ilustração) - Adolescente teria sido executada por causa de boato
(Foto: Ilustração)

A namorada do jovem morto no último domingo (14), em uma brincadeira de roleta-russa, foi assassinada a tiros na Avenida Brasil, em Tapejara, horas depois. A polícia suspeita que o crime seja retaliação. 

O delegado da Polícia Civil, Gabriel Menezes, afirmou em entrevista ao Portal da Cidade de Umuarama que a jovem teria sido morta por causa de boatos. “Nós acreditamos que ela foi executada em retaliação à morte do rapaz, já que logo após a morte dele se espalhou pela cidade de Tapejara o comentário de que teria sido ela a responsável pela morte”. 

A jovem de 17 anos foi atraída para uma emboscada e, de acordo com a polícia, foi executada por três rapazes. “É praticamente certo que essa segunda morte tem ligação com a primeira”, afirma o delegado. 

Lucas Matheus dos Santos, de 20 anos, chegou a ser socorrido pelo SAMU após ser baleado, mas morreu no hospital Santa Casa, em Cianorte. A polícia trabalha com a hipótese de disparo acidental. “Todas as informações coletadas pela polícia levam a crer que o jovem brincava com a arma e acidentalmente efetuou o disparo contra a própria cabeça”. 

Além da namorada, outras duas jovens estavam com o rapaz no momento do disparo. De acordo com o delegado, os inquéritos devem ser concluídos até este fim de semana e os autores devem ser identificados. 

Colaboração Bruno Previdi e Portal da Cidade

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo