Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

‘Não sou bandido, não precisaria disso’, diz homem preso por 12 horas

Silvano Rogério Weber, que ficou preso durante 12 horas sob a acusação de agredir dois homens suspeitos de invadir a sua casa, falou para a Rede Massa como foi a ação na madrugada desta quinta-feira (6). Ele alega que não torturou os suspeitos nem se apresentou como policial, conforme informado pela Polícia Civil.

O funileiro disse que percebeu que sua casa havia sido invadida perto de 1h da madrugada. De acordo com ele, os suspeitos mexeram nos veículos que estavam no terreno – deixando a tampa de uma caminhonete aberta – e levaram uma das cinco bicicletas da casa. “Já constatei que eles iam voltar porque eles deixaram o portão bem fechadinho, não fizeram barulho. Foi onde eu tive a ideia de esperar”, disse Weber.

A dupla voltou menos de meia hora depois. Weber disse que ao perceberem que a caminhonete não estava mais aberta, fugiram correndo do local. Eles foram seguidos pelo morador, que os alcançou a aproximadamente uma quadra da casa.

“No que eu desci da caminhonete pedi pra pôr a mão na cabeça e deitar no chão. Em nenhum momento eu falei que era policial ou que estava armado”, garantiu o funileiro. Weber contou ainda que um dos suspeitos percebeu que ele não estava armado e tentou fugir. O outro tentou derrubá-lo. “Empurrei pra frente e dei um chute e pisei no outro que tentou fugir. Cheguei a amarrar um deles pela mão porque ele estava muito agitado, não se se drogado”.

A polícia chegou ao local em cinco minutos e levou os envolvidos para a Central de Flagrantes. Weber ficou detido “suspeito por torturar a dupla conduzida à delegacia”. Já os suspeitos foram liberados menos de duas horas depois da ação, pois “não havia qualquer prova em relação a autoria do fato por parte dos conduzidos”.

Depois disso, um dos suspeitos voltou pela terceira vez na casa de Weber, durante a manhã, e então foi preso. Weber foi solto no fim da tarde, durante audiência de custódia.

Colaboração Rede Massa