Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

No minipresídio de Apucarana, mulher fica com maconha presa nas partes íntimas e precisa de cirurgia

Agentes desconfiaram do comportamento da mulher  (Foto: Cambira Notícias) - No minipresídio, mulher fica com maconha presa nas partes íntimas
Agentes desconfiaram do comportamento da mulher (Foto: Cambira Notícias)

Uma mulher tentou entrar com drogas no minipresídio de Apucarana (a 63 quilômetros de Maringá) e acabou tendo que passar por uma cirurgia nessa quarta-feira (9). Maconha ficou presa em suas partes íntimas.

Os agentes desconfiaram da visitante e pediram para revistá-la. No entanto, ela não autorizou e foi levada ao o Instituto Médico-Legal (IML), onde também recusou ser examinada. A suspeita então foi encaminhada ao Hospital da Providência para fazer um raio-x , sendo detectado um pacote com a droga dentro da vagina.

Depois de várias tentativas, a mulher não conseguiu retirar a maconha sozinha e precisou de uma anestesia geral para passar por um pequeno procedimento cirúrgico. O entorpecente foi apreendido e a mulher vai responder por tráfico de drogas.

Colaboração Rodrigo Carvalho da Rede Massa