Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Novas casas são entregues a 41 famílias de Foz do Jordão

(Foto: Guilherme Santos / Cohapar) - Novas casas são entregues a 41 famílias de Foz do Jordão
(Foto: Guilherme Santos / Cohapar)

Representantes do Governo do Paraná e da Prefeitura de Foz do Jordão entregaram as chaves de 41 novas moradias populares para famílias da cidade e da área rural do município. As casas receberam investimentos de aproximadamente R$ 1,4 milhão em um trabalho integrado do poder público dentro do programa Minha Casa Minha Vida.

Os projetos foram divididos entre 28 imóveis para famílias da cidade que não possuíam casa própria e 13 destinados a pequenos produtores rurais residentes em condições precárias. O trabalho do governo estadual envolveu o esforço conjunto da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Copel, Sanepar, Secretaria Estadual da Agricultura e Abastecimento e Emater.

O chefe de Gabinete e superintendente de Relações Institucionais da Cohapar destacou o trabalho do Governo do Paraná e como isso está transformando a realidade das cidades paranaenses. “Essa grande parceria que temos com o Governo Federal e com a prefeitura de Foz do Jordão está fazendo com que as famílias passem a viver com mais dignidade e tranquilidade. É uma alegria ver o sorriso estampado no rosto destas pessoas e saber que estamos contribuindo para isso”, disse.

Casas urbanas

O Residencial João Maurina é composto por imóveis de 36 m² a 48 m² e variam de acordo com a renda de cada família beneficiada, que vai de um a 3,5 salários mínimos. As unidades são financiadas pela Caixa Econômica Federal com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), com prestações de R$ 173 a R$ 329 mensais.

Para o prefeito, entregar as casas é um motivo de alegria. “Estou encerrando meu mandato com chave de ouro, pois é graças ao nosso trabalho junto com o Governo do Paraná e com o Governo Federal que estas pessoas vão se livrar do aluguel, vão ter suas casas próprias e, consequentemente, uma vida melhor”, afirmou.

Marilene Malaggi, 49 anos, mora em uma casa alugada com a filha e a neta. Há algum tempo ela tentava comprar um terreno, mas não conseguiu. “Estou realizando meu sonho, com a graça de Deus vamos sair do aluguel. Estou me sentindo muito feliz porque há muitos anos eu tentava ter a minha casa e nunca deu certo”, disse.

Casas rurais

As 13 unidades do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) foram destinadas a agricultores familiares com renda bruta anual de até R$ 15 mil. As famílias pagarão parcelas anuais de R$ 285 durante quatro anos de financiamento imobiliário.

Uma das beneficiadas foi a da agricultora Assunta dos Santos, de 66 anos. Aposentada, Assunta obtém uma renda extra do trabalho diário na lavoura, que é insuficiente para reformar ou construir uma nova casa. “Sem a ajuda do programa eu estaria até hoje vivendo numa casa velha de madeira cheia de goteiras”, revela a produtora.

Segundo Naime Neto, a entrega das moradias rurais é um estímulo à permanência dos trabalhadores em suas propriedades. “O governador Beto Richa e o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion, estão empenhados em garantir a melhoria da qualidade de vida dos produtores familiares paranaenses”, declara.

Colaboração Agência Estadual de Notícias.