Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Novas imagens mostram PM atirando contra jornalista antes de perseguição

Novas imagens de câmera de segurança flagraram o início da abordagem policial que terminou na morte do jornalista Andrei Gustavo Orsini Fransciqusini, de 35 anos. A ação aconteceu na madrugada do último domingo (12) na Praça da Espanha, bairro Batel, em Curitiba. Diferente da versão apontada Polícia Militar (PM), de que a equipe teria tentado abordar o homem duas vezes antes do tiroteio, é possível ver que os policiais atiram contra o carro do jornalista antes mesmo do início à perseguição.

As imagens mostram o veículo de Andrei, um Chevrolet Corsa branco, estacionado na Avenida Vicente Machado, quando uma viatura da PM passa pelo local. Em seguida, a viatura volta de ré e, após parar atrás do carro do homem, dois policiais descem. Ao notar a presença da equipe, Andrei arranca com o veículo e os dois policiais atiram diversas vezes antes de começar uma perseguição.

Em nota divulgada na na última segunda-feira (13),  a PM informou que a equipe policial viu um homem manuseando uma arma dentro de um veículo Corsa e, por este motivou, tentou aborda-lo, sem sucesso. “O motorista não acatou a ordem de abordagem e arrancou com o veículo de maneira brusca. A equipe policial iniciou, então, um acompanhamento tático. Na fuga o carro colidiu com um veículo Voyage e continuou fugindo”, diz a nota.

Em seguida, de acordo com a PM, Andrei parou o veículo na Rua Fernando Simas e, novamente, fugiu da abordagem. “A equipe tentou nova abordagem, mas ele não acatou e engatou marcha à ré e quase atropelou os policiais. Ele também bateu em um veículo gol que estava estacionado. A equipe policial atirou no pneu do carro na tentativa de pará-lo, mas ele continuou avançando contra os policiais, que atiraram novamente”, completou. Ao notar que o homem estava ferido, a polícia acionou o Siate, que constatou o óbito.

Além disso, a PM afirmou ter encontrado uma pistola 9mm no colo do homem. “Para toda ocorrência deste tipo, envolvendo policial militar e equipamentos da corporação, é aberto um procedimento para apurar as circunstâncias”.

PM se manifesta

Ao ser procurada, a assessoria da PM informou, por meio de nota, que "um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado, imediatamente após o fato, para apurar todas as circunstâncias que envolvem a ocorrência". 

Colaboração Lucas Rocha/Rede Massa