Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Número de mortes diminui nas estradas paranaenses durante Carnaval

(Foto: PRF) - Número de mortes diminui nas estradas durante Carnaval
(Foto: PRF)

Nove pessoas morreram em acidentes de trânsito nas rodovias federais que passam pelo Paraná durante o Carnaval. O número é 55% menor que o registrado no feriado de 2017, quando foram registradas 20 mortes, conforme levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O excesso de velocidade e a desatenção foram apontados pela PRF como as principais causas dos acidentes com morte. Entre os nove mortos, três eram pedestres. As outras vítimas morreram em duas colisões traseiras, dois capotamentos, uma colisão frontal e uma saída de pista.

Além dos atropelamentos, sete óbitos foram registrados em trechos de reta; seis em pista dupla e cinco em situação de pista seca.

No feriadão deste ano, os policiais rodoviários federais atenderam 198 acidentes em que 169 pessoas ficaram feridas - total 14% menor que o do ano anterior (196).

Excesso de velocidade

Foram flagrados 7.270 veículos acima da velocidade máxima permitida. Duas situações em que motoristas trafegavam em velocidade superior ao limite da via chamaram a atenção durante o feriado.

Na última terça-feira (13), um carro foi flagrado a 192 km/h na BR-163, em Terra Roxa. No trecho de pista simples o limite é de 100 km/h.

A outra ocorrência foi registrada na BR-373, em Ponta Grossa. Um carro passava pelo local, na manhã de quarta-feira (14), a 147 km/h enquanto a velocidade máxima permitida no trecho é de 60 Km/h.

Durante a operação, a PRF flagrou ainda 106 motoristas sob efeito de bebidas alcoólicas e 637 manobras proibidas de ultrapassagem.

Foram apreendidos 301 quilos de maconha, 52 quilos de crack, 29 quilos de cocaína, oito armas de fogo e 1.150 munições.

(Foto: PRF)(Foto: PRF) 

Carnaval 2018 no Paraná

  •  9 mortes (55% a menos que em 2017)
  •  169 feridos
  •  198 acidentes
  •  106 flagrantes de embriaguez
  •  637 ultrapassagens proibidas
  •  7.270 veículos em excesso de velocidade
  •  43 crianças sem cadeirinha
  •  328 veículos recolhidos
  •  300,8 quilos de maconha apreendidos
  •  52,5 quilos de crack
  •  28,6 quilos de cocaína
  •  1.150 munições
  •  8 armas