Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Operação Violeta desencadeada em SJP mira acusados de estupro e violência doméstica

(Foto: Arquivo / Massa News) - Operação Violeta mira acusados de estupro e violência doméstica
(Foto: Arquivo / Massa News)

A Operação Violeta desencadeada pela Polícia Civil, através da Delegacia da Mulher e da Delegacia do Adolescente em São José dos Pinhais, na manhã desta quinta-feira (17), resultou na prisão de 9 pessoas e na apreensão de um menor de idade. De acordo com a delegada Tatiana Guzela, o foco da ação eram pessoas acusadas de crimes de estupro e violência doméstica, bem como menores de idade que cometeram delitos menores ou ainda atos infracionais mais graves, como homicídios. “A maior parte dos mandados era de caso de estupros, mas também temos situações envolvendo menores, uma vez que a DA e DM funcionam juntas”, explicou.

Das nove prisões, cinco ocorreram em flagrante e as demais foram de cumprimentos de mandados. Foram apreendidas três armas e munições. “Armas inclusive de calibre restrito, 9 milímetros e que possivelmente tenham sido utilizadas em crimes de homicídios registrados há algum tempo na região do Bairro São Marcos”, conta. “Essas armas foram encaminhadas à perícia para confronto balístico”, acrescenta.

Ainda segundo a delegada, durante o andamento da operação, outras situações foram detectadas, como por exemplo, a localização e dois carros com registro de roubo. “Nós contamos com apoio de outros órgãos na ação e quando nos deparamos com crimes de outras naturezas não deixamos de agir”, afirma.

Entre os alvos da operação, Sabrina destacou que um dos presos por mandado judicial, é acusado de pelo menos três estupros, consumados ou tentados, sendo que as vítimas eram crianças.

Colaboração Assessoria Polícia Civil