Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Pacientes reclamam de abordagem de guardas municipais em unidade de saúde

(Foto: Luiz Mandelli / Rede Massa) - Pacientes reclamam de abordagem de guardas municipais
(Foto: Luiz Mandelli / Rede Massa)

A ação da Guarda Municipal de Curitiba contra um homem em surto revoltou usuários da unidade de saúde Parolin. A situação aconteceu na manhã desta quarta-feira (6).

Testemunhas contaram que a Guarda Municipal foi chamada por uma enfermeira da unidade que teria sido desacatada por um homem. O senhor, que usava roupas típicas gaúchas, gritava bastante dentro da unidade e estaria tendo um surto.

Os pacientes contaram que quatro guardas municipais tiveram dificuldade para conter o homem, que foi levado para uma sala e saiu de lá sangrando. A ação teria durado cerca de meia hora e durante este tempo, a entrada de pessoas foi impedida.

Ainda de acordo com as testemunhas, o homem foi levado da unidade em uma viatura da guarda municipal.

Encaminhado para a delegacia

Em nota, a Prefeitura de Curitiba afirmou que o homem estava armado com um facão e ameaçou os profissionais de saúde, que chamaram a Guarda Municipal. "Os guardas controlaram o tumulto e encaminharam o homem ao 2º Distrito Policial para as providências necessárias".

Colaboração Luiz Mandelli / Rede Massa