Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Pai de aluna que apanhou na escola tenta matar estudante

(Foto: Colaboração guiamedianeira.com.br) - Pai de aluna que apanhou na escola tenta matar estudante
(Foto: Colaboração guiamedianeira.com.br)

A Polícia Civil está à procura de um homem, suspeito de agredir violentamente uma adolescente no município de Missal. Tudo teve início com uma briga em um colégio. Duas estudantes agrediram uma terceira jovem. O vídeo da situação foi compartilhado nas redes sociais e com isso, o pai da estudante agredida, tomou conhecimento do caso.

De acordo com a polícia, o homem mora em outra cidade, mas foi até Missal para tirar satisfação com as autoras da agressão.

Para a polícia, testemunhas relataram que “o homem abordou diversas estudantes nas proximidades do colégio, tentando identificar as duas adolescentes que bateram na filha. O homem ainda teria conversado com a própria filha, que disse não conviver com o pai por conta do histórico de agressividade. Ela conversou com o homem e foi embora.

Não satisfeito com o caso, o homem seguiu pelo Bairro Renascer e abordou uma estudante aleatoriamente, dizendo que a reconheceu do vídeo da briga, e passou a bater na jovem com violência. A adolescente foi salva por moradores que intervieram. A vítima foi socorrida em estado grave e encaminhada ao hospital. O agressor fugiu.

O delegado Denis Merino relatou que Ezequiel dos Santos Pinheiro deve ser indiciado por tentativa de homicídio. O delegado explicou ainda, que a jovem agredida nada tinha a ver com a briga que acabou com a filha do suspeito apanhando.

Pinheiro já tem um mandado de prisão, por outro crime, em aberto.

Colaboração guiamedianeira.com.br

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo