Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Pai procura ajuda da polícia e diz ter medo do filho

Um filho que já agrediu a mãe, esfaqueou o pai e agora o ameaça de morte novamente. Essa é a situação que vem sendo enfrentada pelo senhor Paulo Cesar Isaías, de 66 anos, feirante, morador do Jardim Alvorada, em Maringá. Ele foi até a Delegacia da Polícia Civil da cidade nesta manhã (18) para registrar um boletim de ocorrência e pedir ajuda à polícia.

Ele contou que o filho tem 33 anos e é dependente químico desde os 17 anos. Há algum tempo, ele morava com a mãe, a ex-esposa de seu Paulo, mas ele agrediu a mulher que precisou passar quatro dias na Unidade de Terapia Intensiva. O rapaz foi preso, saiu da cadeia e a mãe, obviamente, não o quis mais morando em sua casa. O seu Paulo então, deu uma casa para o filho morar, na Vila Operária. 

Acontece que ele não estava pagando as contas de água e luz e seu Paulo foi até lá cobrar. “Ele partiu para cima de mim com uma faca. Disse que vai me matar. Eu me defendi com uma enxada e ele correu e se trancou na casa”, contou. “Ele disse que vai me matar”. Seu Paulo contou ainda, que há dois anos, o filho já o esfaqueou na mão. “Eu tenho medo dele. Eu fiz tudo que podia por ele, sempre o ajudei, mas agora estou com medo de ele me matar, por isso vim na polícia pedir ajuda”.

Colaboração Índio Maringá/Marcos Vinícius/Rede Massa