Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Parentes de presos fazem protesto em frente à delegacia na CIC

(Foto: Reprodução/ Rede Massa)  - Parentes de presos fazem protesto em frente à delegacia na CIC
(Foto: Reprodução/ Rede Massa)

A Rua Manoel Valdomiro de Macedo, na Cidade Industrial de Curitiba, está bloqueada desde a manhã desta terça-feira (21). No local, familiares de presos do 11º Distrito Policial realizam uma manifestação, e chegaram a colocar fogo em madeiras na pista para impedir a passagem de veículos. 

Os familiares dos detentos protestam por melhores condições na delegacia. Os manifestantes relataram que as sacolas com comida que são levadas para presos estão sendo descartadas. Eles também reclamam sobre a suspensão das visitas.

Em nota, "a Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp) informa que na próxima segunda-feira (27) começa a instalação das celas modulares no distrito policial. Serão abertas mais 72 novas vagas que vai permitir tirar os detentos da carceragem do 11º DP. Com a remoção dos detentos, as visitas serão normalizadas, assim como a entrega de objetos pessoais por parte dos familiares". A secretaria havia anunciado anteriormente esta medida para a retirada de parte dos presos da carceragem.

No dia 16 de novembro, várias equipes policiais se mobilizaram para conter uma movimentação dos presos na carceragem no 11º DP. O batente de uma das celas estava se soltando e poderia favorecer fugas. 

Atualização 

O trânsito foi desbloqueado por volta das 17h15 na Rua Manoel Valdomiro de Macedo, na Cidade Industrial de Curitiba. Segundo informações recebidas pelo portal Massa News, os manifestantes já deixaram o local. Ficou apenas a sujeira dos materiais queimados durante o protesto.

A Polícia Civil informou, por meio de assessoria de imprensa, que cerca de 80 presos serão transferidos até esta quarta-feira (22) para o sistema penitenciário. Parte dos detentos que está no delegacia veio do 8º DP. A transferência ocorreu no início de novembro, quando foram registradas duas mortes na carceragem da delegacia localizada no bairro Lindoia.

Colaboração Daniela Borsuk e Lucas Rocha / Rede Massa

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo