Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Pecúlio: funcionários da Prefeitura negam envolvimento em esquema fraudulento

Arquivo Massanews - Funcionários da Prefeitura negam envolvimento em esquema fraudulento
Arquivo Massanews

Seis funcionários da Prefeitura foram ouvidos na sede da Justiça Federal nesta terça-feira (22) em Foz do Iguaçu. Eles são acusados de envolvimento no esquema criminoso que desviou recursos federais por meio de licitações fraudulentas.

Eliane Zanelatto, Itelmo Germano Dere e Luciano Pinheiro são acusados de fraudes à licitações. Eles faziam parte da comissão responsável pela licitação de equipamentos de radiologia para o setor de urgência e emergência do município. As investigações da Polícia Federal (PF) apontam que os três teriam beneficiado Euclides de Moraes Barros Junior para que a empresa dele ganhasse a licitação.

Em depoimento, eles negaram o crime e foram unânimes em dizer que a outra empresa que concorria a licitação não atendia todos os requisitos para ganhar o direito de prestar serviços à prefeitura. Além deles, Geraldo Gentil Biesek, Sandro Marcon e Wanderley Cazuza de Avelar também são acusados pelo mesmo crime.

A intenção da Justiça é ouvir todos os apontados como integrantes do esquema criminoso até o dia 7 de dezembro.

Colaboração: Márcio Falcão/Rede Massa.