Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Penitenciária de Francisco Beltrão aumenta monitoramento por câmeras

(Foto: Alan Particelli / Rede Massa) - Penitenciária de Francisco Beltrão aumenta monitoramento por câmeras
(Foto: Alan Particelli / Rede Massa)

A Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão (PEFB) conta atualmente com 1.140 presos. São detentos que cumprem pena no regime fechado e no semiaberto. Para controlar toda essa movimentação na unidade prisional, só a atuação dos agentes penitenciários não é suficiente. É aí que entra um sistema que tem contribuído para reforçar a segurança do local, o videomonitoramento.

A unidade já contava com 73 câmeras, mas o novo o investimento fez ampliar esse sistema. Hoje são 96 aparelhos em funcionamento na unidade, sendo que o monitoramento é feito durante 24 horas por dois agentes penitenciários.

Para a instalação dessas 23 novas câmeras foi necessário um investimento de pouco mais de R$ 55 mil. Esse recurso foi adquirido através de uma parceria feita entra a PEFB e os conselhos comunitários de segurança de Francisco Beltrão e de Dois Vizinhos. O monitoramento de imagens é feito em alta definição, sendo possível por exemplo, observar a entrada de visitantes, as galerias e as áreas internas e externas da penitenciaria.

Segundo o diretor da unidade, Marcos Andrade, mesmo recente, o novo sistema já tem dado resultados. Nos últimos dois meses, por exemplo, três tentativas de fugas foram evitadas por conta desse dispositivo.

Colaboração Monique Sfoggia / Rede Massa.