Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Pesquisa com usuários do sistema de transporte começa nesta sexta-feira

(Foto: Cesar Brustolin/SMCS) - Pesquisa com usuários do sistema de transporte começa nesta sexta-feira
(Foto: Cesar Brustolin/SMCS)

Começa nesta sexta-feira (8) a fase de campo da Pesquisa Origem Destino – Grande Curitiba, que vai traçar o panorama dos deslocamentos e as demandas do transporte em Curitiba e região metropolitana. O levantamento tem a proposta de verificar o volume e as características dos deslocamentos realizados pela população em suas atividades diárias.

Serão investigados os hábitos de deslocamento das pessoas que moram e passam por uma região, para que se possa saber de onde vêm, para onde vão, como vão e quando fazem isso. Com o cruzamento de dados será possível estabelecer projeções futuras para as necessidades de deslocamentos da população.

Os moradores foram selecionados aleatoriamente por sorteio e estão recebendo correspondências que avisam sobre a pesquisa. A Prefeitura de Curitiba destaca que os pesquisadores irão às casas dos moradores devidamente identificados com colete, boné, crachá da Pesquisa Origem Destino e documento de identificação (RG).

Na pesquisa domiciliar serão realizadas cerca de 80 mil entrevistas. A segunda frente do estudo é a contagem volumétrica e medição de velocidade de veículos, que já está sendo realizada, e a pesquisa de opinião, sobre o grau de satisfação com o transporte coletivo, com o sistema viário e com o trânsito em geral, além dos problemas enfrentados e trajetos não atendidos.

Participam da pesquisa 17 municípios da Região Metropolitana de Curitiba: Almirante Tamandaré, Araucária, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Contenda, Curitiba, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Mandirituba, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Rio Branco do Sul e São José dos Pinhais.

Dúvidas

Em caso de dúvida, os moradores poderão ligar para 3010-0630 – linha telefônica dedicada exclusivamente à Pesquisa Origem Destino. Os pesquisadores estarão munidos de tablets para registrar as respostas ao questionário. O equipamento também será utilizado para fotografar as fachadas das residências.

Colaboração Prefeitura de Curitiba

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo