Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Polícia de Paranaguá investiga caso do bebê encontrado no lixo

(Foto: Ilustração/Reprodução/Colaboração/Agora Litoral) - Polícia de Paranaguá investiga caso do bebê encontrado no lixo
(Foto: Ilustração/Reprodução/Colaboração/Agora Litoral)

A Polícia Civil de Paranaguá investiga o caso do bebê encontrado morto em meio ao lixo no Bairro Porto dos Padres, na manhã de quarta-feira (20).

De acordo com o delegado-adjunto da 1ª Subdivisão Policial, Nilson Diniz, conforme o que foi apurado até o momento, pode se tratar de um crime de aborto provocado.

O corpo do menino, de aproximadamente sete meses – informação a ser confirmada pela Perícia, foi encontrado por uma equipe da Prefeitura de Paranaguá que recolhia lixo entre as ruas Samuel Pires de Mello e Barão do Amazonas. Quando uma máquina retirou parte do entulho, o feto apareceu pendurado na pá do equipamento pelo cordão umbilical. A imagem chocou até os policiais mais experientes.

Alguns objetos como sacolas plásticas, papel alumínio e uma pinça de acrílico, que estavam junto ao corpo do bebê foram recolhidos e serão periciados.

A polícia pede ainda a ajuda da população para a identificação da responsável e elucidação do caso. “Se alguém tiver alguma informação, lembre-se de ter visto uma gestante que não tenha aparecido com um filho, pedimos que denuncie, mesmo que anonimamente, pelo telefone 197”, disse o delegado.

Colaboração Agora Litoral

Grupo do Massa News no WhatsApp

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  Entrar no grupo