Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Polícia prende dupla suspeita de matar e incendiar corpos

(Foto: William Batista / Rede Massa) - Polícia prende dupla suspeita de matar e incendiar corpos
(Foto: William Batista / Rede Massa)

Duas pessoas foram presas em uma ação conjunta das polícias Civil e Militar e Ponta Grossa neste fim de semana suspeitas de um crime bárbaro ocorrido no último sábado (12). A dupla é presa de matar e atear fogo nos corpos de dois homens. Os cadáveres foram encontrados dentro de uma casa abandonada na rua José Sniegovski, no Jardim Primavera, perto do campus de Uvaranas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Um dos presos foi o homem que acionou a Polícia Militar dizendo ter encontrado os amigos mortos. A princípio, ele disse que chegou no local com uma garrafa de cachaça para beber com eles e encontrou os corpos ainda em chamas. Durante o depoimento, ele caiu em contradição e revelou que havia dado uma facada no pescoço de José Adair Inglês de Lara. Josney Andrade Inhaia, de 28 anos, disse que o crime aconteceu do lado de fora da casa.

O outro suspeito de envolvimento no crime, identificado como Hélio Marcos Pinheiro Sampaio, de 30 anos, se envolveu em uma briga com a outra vítima – Luiz Carlos Barbosa – e matou o homem espancado, segundo a polícia.

Josney revelou que, depois de matar as duas pessoas, os suspeitos decidiram atear fogo às vítimas para tentar esconder os corpos. Eles foram presos em flagrante foram autuados por duplo homicídio e por dupla ocultação de cadáver.