Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Polícia Rodoviária realiza operações especiais nas estradas durante feriado

(Foto: Divulgação PRF) - Polícia realiza operações especiais nas estradas durante feriado
(Foto: Divulgação PRF)

Começam nesta sexta-feira (11) as operações especiais das polícias rodoviária Federal (PRF) e Estadual (PRE) nas estradas que passam pelo Paraná. As ações serão realizadas durante todo feriado de Proclamação da República nos 16 mil quilômetros de rodovias fiscalizadas pelas duas corporações no estado.

O policiamento será intensificado em diversos pontos das rodovias estaduais e federais, especialmente nos trechos com maior índice de acidentes. A fiscalização vai realizar o controle de velocidade através de radares, o combate à embriaguez ao volante e as ultrapassagens irregulares, além de verificação de documentos.

Vale lembrar que este será o primeiro feriado desde que os valores das multas foram reajustados em percentuais que variam de 53% a 66%.

Movimento

O fluxo de veículos deve aumentar em 30% nas rodovias federais em comparação com os dias normais. O maior movimento deve ser registrado no fim da tarde e começo da noite de amanhã e a manhã de sábado (12). O retorno será com fluxo maior na tarde e noite de terça-feira (15).

A PRF reforçou ainda que o tráfego de caminhões bitrem, veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha será proibido, nos trechos de pista simples das rodovias federais, das 16 horas até a meia-noite desta sexta-feira, durante toda a manhã de sábado e das 16 horas à meia-noite de terça-feira.

Além disso, as concessionárias foram notificadas a proibir a execução de obras durante o feriado prolongado, exceto as emergenciais ou impossíveis de serem interrompidas.

Cuidados

Além de respeitar a legislação de trânsito, é importante evitar acidentes com a manutenção do veículo, verificando todas as condições mecânicas (freios, suspensão e pneus) para evitar problemas. Os motoristas também devem sempre portar os documentos do automóvel e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além de estarem em dia com o pagamento de tributos (IPVA, licenciamento e seguro obrigatório).

Colaboração Polícia Rodoviária Federal e Estadual