Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Presidente de sindicato é preso por furto em propriedade invadida em Porecatu

(Foto: Divulgação) - Presidente de sindicato é preso por furto em propriedade invadida
(Foto: Divulgação)

Dois homens foram presos em flagrante por furto na fazenda Porta do Céu, em Porecatu (85 km de Londrina), invadida por movimentos de trabalhadores rurais sem-terra.

Um dos detidos é Arnaldo Nascimento de Jesus, presidente do sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bela Vista do Paraíso. Após recebimento de denúncia, policiais fora até a sede da fazenda e flagraram Arnaldo saindo do local em um caminhão carregado com mais de 50 toras de árvores.

O caminhão é de uma empresa de terraplanagem de Cambé, conduzido por Reginaldo Pereira Teixeira. “O funcionário desta empresa foi contratado para transportar as madeiras. Ele alega que não desconfiou da ilegalidade”, afirma o delegado de Porecatu, Elisandro Souza Correia. Quando questionados pelos policiais sobre a legalidade da carga, os acusados apresentaram uma nota fiscal falsa. “O documento estava mal preenchido, e não correspondia às madeiras transportadas”, afirmou.

Em depoimento, o presidente do sindicato afirmou que apoia os movimentos rurais sem terra, mas não participa das ocupações na região.

Os dois seguem presos na delegacia de Porecatu e vão responder pelos crimes de furto e falsidade ideológica, podendo ser condenados a até nove anos de prisão.

A fazenda Porta do Céu está invadida desde 2013 e a reintegração de posse concedida pela justiça no mesmo ano não foi cumprida até hoje.