Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Professora 'concretada' tinha faca cravada no peito e queimaduras no rosto

Colaboração: Roberta Campos/Rede Massa. - Professora 'concretada' tinha faca cravada no peito e queimaduras
Colaboração: Roberta Campos/Rede Massa.

A Polícia Civil já tem um suspeito de ter matado e concretado uma mulher em Santa Helena, no Oeste do Paraná. O corpo da vítima foi encontrado nos fundos da casa dela na tarde desta quarta-feira (7).

A mulher morava na rua Castelo Branco, no bairro Baixada Amarela, e era professora. Os familiares nem sequer desconfiavam do crime porque pensavam que ela tinha viajado com o namorado para Cuba, no Caribe. Vizinhos informaram que ela não tinha inimizades e não sabem o que pode ter acontecido.

Ontem, o sobrinho dela foi ao local e estranhou um forte cheiro. Nos fundos da casa, viu que havia um espaço coberto por concreto. Quando começou a quebrá-lo, percebeu que havia um corpo e era de sua tia. 

O corpo de Ladis Boeni, 52 anos, estava enrolado em uma lona. Ela estava desaparecida desde o dia 2 deste mês. Havia uma faca cravada no peito dela e indícios de queimadura no rosto e no cabelo, comprovando a violência. Para não atrapalhar as investigações, o delegado não quis divulgar mais detalhes sobre o caso.

O velório da mulher foi realizado no Centro Comunitário de Santa Helena. O sepultamento ocorreu na manhã de hoje, no Cemitério Municipal.

Colaboração: Roberta Campos/Rede Massa.