Você poderá alterar sua localização a qualquer momento clicando aqui.
Ocultar   |   Alterar cidade
Você está vendo conteúdo de Curitiba e região.
Ocultar   |   Alterar cidade

Pronto Atendimento terá atendimento contínuo durante feriado de Carnaval

(Foto: Divulgação) - Pronto Atendimento terá atendimento contínuo durante o Carnaval
(Foto: Divulgação)

Muita gente está contando os dias para aproveitar o feriado prolongado de Carnaval e poder descansar, festejar com os amigos e se divertir. Mas e se acontecer alguma emergência de saúde? A Secretaria de Saúde já planejou uma escala para atendimento ininterrupto de 24 horas no Pronto Atendimento Municipal. Mas é importante lembrar: a prioridade de atendimento é para casos de urgência e emergência.

"Uma equipe integrada por funcionários e profissionais capacitados para bem acolher a população, atenderá todas as ocorrências de urgência e emergência no PA, desde a noite de sexta-feira até a metade do dia de quarta-feira. Claro que este atendimento já ocorre normalmente, mas neste período de recesso prolongado em que as UBS (Unidades Básicas de Saúde) estarão fechadas, amarramos bem a escala para garantir o atendimento necessário à população”, explica a secretária de Saúde do município, Andréia Vilar.

Para um período prolongado de recesso como o do Carnaval, o número de atendimentos é bastante elevado. Em 2016, nos quatro plantões de 24 horas (de sábado até terça-feira), 1.019 pacientes procuraram atendimento médico no PA, uma média de 254 pessoas por dia (considerando como dia um plantão de 24 horas).

“Como o trabalho é sempre intenso, há um revezamento de funcionários e profissionais da saúde trabalhando em escalas de 12h por 36h. Esta escala vale para as equipes de enfermagem, administrativo (incluindo a recepção), serviços gerais, ambulâncias e segurança. Nestes períodos, a Secretaria de Saúde se prepara para dar todo suporte necessário às equipes de trabalho, inclusive com alimentação”, frisa Andréia.

Mas a diretora do PA, Simone Cristina Baggio, lembra que a prioridade de atendimento continua sendo para os casos de urgência e emergência. “O PA tem atendimento de livre demanda, mas por ser uma unidade de urgência e emergência, a prioridade é sempre para estes casos. Por isso, pedimos que a população exercite o uso consciente dos serviços do PA”, ressalta.